quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Jesus mandou matar pessoas na sua frente? (Lucas 19:27)


A desonestidade dos novos ateus é surpreendente. Dessa vez, um único versículo tirado completamente do contexto literário, histórico e religioso é usado para dizer que Jesus estava ordenando que marassem pessoas na frente dele.  Vamos avaliar tudo o que o contexto diz e o que Jesus estava tentando dizer.

Jesus mandou matar pessoas na sua frente? (Spoiler: Não)


O contexto completo


Estando eles a ouvi-lo, Jesus passou a contar-lhes uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e o povo pensava que o Reino de Deus ia se manifestar de imediato.
Ele disse: "Um homem de nobre nascimento foi para uma terra distante para ser coroado rei e depois voltar. Então, chamou dez dos seus servos e lhes deu dez minas. Disse ele: ‘Façam esse dinheiro render até à minha volta’. Mas os seus súditos o odiavam e depois enviaram uma delegação para lhe dizer: ‘Não queremos que este homem seja nosso rei’. Contudo, foi feito rei e voltou. Então mandou chamar os servos a quem dera o dinheiro, a fim de saber quanto tinham lucrado. O primeiro veio e disse: ‘Senhor, a tua mina rendeu outras dez’. ‘Muito bem, meu bom servo! ’, respondeu o seu senhor. ‘Por ter sido confiável no pouco, governe sobre dez cidades’. O segundo veio e disse: ‘Senhor, a tua mina rendeu cinco vezes mais’. O seu senhor respondeu: ‘Também você, encarregue-se de cinco cidades’. Então veio outro servo e disse: ‘Senhor, aqui está a tua mina; eu a conservei guardada num pedaço de pano. Tive medo, porque és um homem severo. Tiras o que não puseste e colhes o que não semeaste’. "O seu senhor respondeu: ‘Eu o julgarei pelas suas próprias palavras, servo mau! Você sabia que sou homem severo, que tiro o que não pus e colho o que não semeei. Então, por que não confiou o meu dinheiro ao banco? Assim, quando eu voltasse o receberia com os juros’. "E disse aos que estavam ali: ‘Tomem dele a sua mina e dêem-na ao que tem dez’. ‘Senhor’, disseram, ‘ele já tem dez! ’ "Ele respondeu: ‘Eu lhes digo que a quem tem, mais será dado, mas a quem não tem, até o que tiver lhe será tirado. E aqueles inimigos meus, que não queriam que eu reinasse sobre eles, tragam-nos aqui e matem-nos na minha frente! ’".
Lucas 19:1-27


Esse ultimo versículo é o único que os novos ateus apresentam. Então, os problemas aqui são pelo menos dois: Primeiro, Jesus estava contando uma parábola. Se você considera tudo em uma parábola literalmente, então tem algo errado com você. 
Segundo, o que Jesus esta dizendo é que ele vai deixar a “mesma oportunidade” para seus “servos”, que vão aproveita-las de “forma diferente” para “ganhar mais” do que ele pediu. O contexto indica que Jesus estava falando que irá para longe por um tempo e depois voltará, mas deixará algo para seus seguidores. Aquele que ficar com o que lhe foi confiado para si mesmo, por medo ou desobediência, perderá o que lhe foi confiado. E aqueles que não querem se entregar a Cristo, irão para o inferno depois de Sua segunda vinda, pois querem viver sob seus próprios padrões morais e serem seus próprios deuses e salvadores. É algo que mostra a destruição daqueles que se rebelam contra Cristo. 

26 comentários:

  1. Essa é a explicação? Onde que isso muda o texto que EXPLICITAMENTE diz para MATAR??????Há trechos onde jesus fala sobre as pessoas que sim vão se dar mal por não crer nele, mas aqui é tudo muito claro. Traga e mate.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele também diz pra dar a outra face quando alguem te bater dar a outra face, mais se bater no inocente e você estiver armada... Bém deixa pra lar.

      Excluir
    2. amigo são apenas parábolas e na verdade JesusCristo e amor ele nos manda perdoar veja na oração do pai nosso e um exemplo

      Excluir
    3. Artigo V da constituição brasileira "é vedado o anonimato".Respondendo ao anônimo: no texto você deve se identificar com o súdito que não quer que este homem fosse rei, e odeia Jesus. Realmente você tem que ter medo do Rei severo!

      Excluir

    4. Bom dia a todos!
      Logicamente q, quando o texto bíblico derivam em parábolas, muitas coisas ficam implícitas e obscurecendo ao intendimento de muitos.
      "Não há necessidade do uso de técnicas de hermenêutica ,aqui, pois tá claro de que, Jeusus, não fala de si mesmo e sim faz alusão a si próprio com a narrativa, com parábolas, de uma segunda pessoa ,dizendo : olha, se vc é fiel; se guarda minhas palavras; se é produtivo : se prega o evangelho; se dobra as ovelhas( membros), fazendo-as se multiplicarem: vc recebererá sua parte no rei espiritual e será recompensado por tudo isso. Agora, se mesmo depois de terem recebido o evangelho da salvação e, mesmo assim escolherem o errado: o mal, até o que tem: a vida, lhe será tirado naquele grande dia pois, Jesus julgará os vivos e os mortos: " Poq ele determinou o dia em q vai julgar, a terra habitada com justiça , por meio de um homem q a designou. E ele deu garantia disso a todos os homesns por ressuscita-lo dentre os mortos."(At 17:31).
      Ele então, em segunda pessoa, alegorizou em parábolas q, pode se tornar concreto, aos desobedientes e infiéis, a serem julgados por Cristo.
      Lei de talião: creu e obedeceu, será salvo; não creu e não obedeceu, será condenado.
      Portanto, Jesus, nunca disse essas palavras supracitadas em Lc.19:1-17, em especial, a 17. Ele apenas alegorizou uma coisa que será fato para toda carne; ceticos ou não ceticos; os q crêem ou não ! Um abraço e bom dia à todos!

      Excluir
    5. Muito fácil de entender, Deus não é democrático Ele é Soberano para quem crer Ele é o Criador, é amor e também justiça, aquele que crer será salvo o que não crer sera condenado, simples assim, mas ao mesmo tempo Deus não nos obriga a fazer coisa alguma pois nos deu livre arbítrio para decidir entre o certo e o errado, e isso cabe a cada um, só podemos entender Deus quando temos uma relacionamento sobrenatural com Ele, e isso não tem explicação a menos que experimentamos. Deus se importa com você Ele não faz acepção de pessoas a salvação é para todos. A única maneira de saber é experimentando.
      Se você acha que Deus não existe não adianta questionar, viva sua vida e morra sem esperança. O mínimo que se pode fazer é respeitar quem Crê e não achar que podemos julgar Deus já que não existe.

      Excluir
  2. Parábola é um saco mesmo. Mandar amar e rezar pelo inimigo e conta algo tão explícito assim?

    ResponderExcluir
  3. Parábola é um saco mesmo. Mandar amar e rezar pelo inimigo e conta algo tão explícito assim?

    ResponderExcluir
  4. Mas se ele matar o cara, já não estaria enviando-o direto pro inferno???
    Qual a diferença: matar na frente dele ou matar depois?

    ResponderExcluir
  5. o problema é que pra explicar outras coisas a seu favor usam um texto isolado e para explicar para se defender tenta no contexto total, explica ai onde tem que dar o dizimo onde tem profetas hoje onde tem trindade...

    ResponderExcluir
  6. onde esta a paz e a misericórdia ao irmão ai?

    ResponderExcluir
  7. putz!! que explicação tosca. A emenda é pior que o conteúdo...

    ResponderExcluir
  8. Vocês fazem o mesmo com o Alcorão, usam fora de contexto para denegrir o Islam, o Profeta e os muçulmanos.
    Engraçado isso né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se islamismo e seu profeta que come crianças precisasse de contexto. "ain, naquele tempo mulher era a partir de 9 anos". Desculpinha de pedófilos sanguinários. Fodam-se sua religião e qualquer outra que pregue insanidades.

      Excluir
    2. quantos anos tinha a mãe de jesus quando casou 12, ele nasceu um ano depois.

      Excluir
  9. Renato VC é um estúpido sem estudos islâmico ignorante e burro não fale oq n sabe

    ResponderExcluir
  10. Como se essa grande explicação tivesse mudado alguma coisa kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Não julguem aqueles aquem vós os não o conhecem a igreja católica diz que não roubou as Escritura de Jerusalém. Más se a bíblia foi escrita em Israel como ela foi parar em Roma m Itália no vaticano sobre o poder do papa e da igreja. A bíblia foi mudada e acresentada. Não acho que Jesus sendo contra a morte iria pedir para fazer isos...

    ResponderExcluir
  12. É por causa destas polarização que o Bosonaro foi eleito Politica e religião não pode se mistura eu não sei porque o ser humano gosta tanto de violência . Esta e a descendência de Cain ?

    ResponderExcluir
  13. É DIFÍCIL ACEITAR O QUE JÁ ESTÁ ESCRITO E DETERMINADO. QUEM CRER SERÁ SALVO, QUEM NÃO CRER JÁ ESTÁ CONDENADO.

    ResponderExcluir
  14. É uma parábola onde sua ideia é um contexto espiritual, obvio e naturalmente em uma era medieval todos que se posicionasse inimigo do rei seria exterminado, o que o Sr Jesus fala na parábola é relacionado ao reino da gloria de Deus, onde fica bem claro que os que não fará parte do reino de Deus através do comportamento evangélico, pra somar a salvação das almas será semelhante aos inimigos que não concorda com o reinado de Deus.

    ResponderExcluir
  15. Jesus é Deus e o seu amor por nós é incomparável. Mas também Jesus é juiz de vivos e de mortos, quer se dar bem com Ele, obedeça-O, se não "porque o nosso “Deus é fogo consumidor!” Hb 12:29

    ResponderExcluir