segunda-feira, 12 de setembro de 2016

O texto bíblico mais mal interpretado... Por céticos.


Muita gente (muita mesmo) acha que Cristãos são hipócritas por não “venderem tudo o que tem e dar aos pobres.” Usam como base o texto de Lucas 18:22 (Marcos 10:21 e Mateus 19:21) para dizer que os cristãos devem fazer isso, já que Jesus ordenou que o jovem rico fizesse. Ainda acusam cristãos de interpretar esse versículo como metafórico, e não literal, já que interpretá-lo literalmente seria “inconveniente”. E então? Cristãos estão sendo hipócritas e escondendo os fatos ordenados na Bíblia?
A verdade é simples e direta: Não. E não só o texto é literal, como também é mais literal do que as pessoas estão imaginando. Porém, ele tem seu significado escondido, e qualquer exegese do texto vai dizer o mesmo. (Esse texto também não da suporte ao socialismo "cristão", by the way.)

O texto bíblico mais mal interpretado... Por céticos.


O texto em questão


E perguntou-lhe um certo príncipe, dizendo: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?
Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus.
Sabes os mandamentos: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe.
E disse ele: Todas essas coisas tenho observado desde a minha mocidade.
E quando Jesus ouviu isto, disse-lhe: Ainda te falta uma coisa; vende tudo quanto tens, reparte-o pelos pobres, e terás um tesouro no céu; vem, e segue-me.
Mas, ouvindo ele isto, ficou muito triste, porque era muito rico.
E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!
Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.
E os que ouviram isto disseram: Logo quem pode salvar-se?
Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus.
E disse Pedro: Eis que nós deixamos tudo e te seguimos.
E ele lhes disse: Na verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou pais, ou irmãos, ou mulher, ou filhos, pelo reino de Deus,
Que não haja de receber muito mais neste mundo, e na idade vindoura a vida eterna.
Lucas 18:18-30
               
Em vermelho, os versículos que mostram o real sentido do que Jesus esta dizendo.

Jesus nega ser Deus?


É importante comentar sobre o versículo 19, onde Jesus diz:

Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus.

Os versículos paralelos são de Marcos e Mateus:

E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus.
Marcos 10:18

E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.
Mateus 19:17

Em nenhuma parte desse texto Jesus nega ser Deus. Ele simplesmente diz que apenas Deus é bom. Ele nem ao menos nega que é bom. Apenas parece estar perguntando se o jovem rico tem alguma noção do que esta dizendo ao lhe chamar de bom.

Jesus ordenou que vendêssemos tudo e déssemos aos pobres?


Jesus realmente ordenou isso... Ao jovem rico. Mas o ponto aqui não é bem o que a quem Ele disse, mas sim o que isso significava pra quem Ele disse. Note o contexto:

Jovem rico: Que devo fazer pra ser salvo?
Jesus: Obedece a esses mandamentos
Jovem rico: Isso eu faço!
Jesus: Vende tuas riquezas
Jovem fica triste
Jesus: É difícil um rico entrar no céu
Jesus: Salvar-se é impossível aos homens, mas Deus pode salvar
Pedro: Todos abandonamos tudo para segui-lo
Jesus: Aquele que me segue receberá no Reino de Deus

Primeiro, por que Jesus citou apenas a segunda parte dos dez mandamentos, os mandamentos que dizem respeito ao relacionamento humano? Porque em um contexto judaico, era isso que eles acreditavam que precisavam fazer para serem salvos. Por que Jesus não falou dos quatro primeiros mandamentos, que tem relação com o nosso relacionamento com Deus (embora, o quarto seja uma mistura de homem e Deus)? Na verdade, ele mencionou dois deles. Justamente onde ele disse pro rico vender tudo.
Os dois primeiros mandamentos são:

Não terás outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
Êxodo 20:3-5

As riquezas do jovem rico são seu deus, e ele as servia. O que Jesus estava dizendo é que o jovem podia ser um “bom brother” com os outros. Mas era um péssimo “brother” com Deus. O mais importante na nossa vida é abandonar nossos “deuses” e seguir a Jesus. Seja esse “deus” o dinheiro, um ídolo da música, um ator famoso, etc. Se o rico fosse viciado em Big Brother, Jesus diria pra ele parar de assistir ao programa. O mesmo se ele fosse viciado em pornografia ou em futebol. Temos nossos deuses e precisamos abandoná-los para ir ao verdadeiro Deus.

A divindade de Jesus implícita


Note que os discípulos não abandonaram tudo por um Deus que não é Jesus, mas sim pelo próprio Jesus. Isso é uma confirmação implícita de que Jesus se autocompreendia como Deus. Afinal, se Ele estivesse aprovando abandonar tudo para segui-lo, Ele sendo uma mera criatura, Ele estaria criando um ídolo. É apenas a Deus que devemos seguir e servir. E Jesus esta dizendo e aprovando, implicitamente, é que Ele é Deus. Ele diz que só Deus salva (v25) e diz no fim devemos segui-lo (v26-30).


Colocando de outra forma...


Poderíamos também colocar o inicio da conversa da seguinte forma:

Rico: Bom mestre, o que devo fazer pra ser salvo?
Jesus: Só Deus é bom. Se quer ser salvo, seja bom.
Rico: Mas eu sou bom desde a juventude!
Jesus: Então abandone seu deus e siga o Deus verdadeiro.
Rico fica triste

Conclusão


Resumindo, o ensinamento de Jesus é que não podemos nos salvar. Salvação não é por obras. Somente pela Graça de Deus podemos ser salvos. Jesus deve ser nosso Deus e devemos segui-lo, não deixando que outras coisas tomem o lugar d’Ele em nosso coração. O único caminho pra Deus é Deus. 

2 comentários:

  1. VEJA SENHOR O QUANTO EU SOU IGNORANTE:

    CONTINUO PERCEBER MAL A ESTE VERSÍCULO E NÃO CONCORDANDO COM A SUA CLARA E OBJETIVA EXPLICAÇÃO...

    "Em nenhuma parte desse texto Jesus nega ser Deus. Ele simplesmente diz que apenas Deus é bom. Ele nem ao menos nega que é bom. Apenas parece estar perguntando se o jovem rico tem alguma noção do que esta dizendo ao lhe chamar de bom"
    Não, cristãos. Jesus estáva repreende-lo, quando disse "Por que me chamas bom? "
    ELE ESTÁ REVELAR QUE NÃO ERA BOM.
    O Bom é aquele [DEUS (O PAI)] que é " MAIOR que ele" segundo (João 14:28).
    Você está interpretar como se JESUS disse o seguinte:
    COMO SABES QUE EU SÓ BOM, POIS NINGUÉM É BOM SENÃO UM QUE É DEUS?
    Mas JESUS queria ensinar a ele que deveria dirigir este elogio somente a "UM QUE É DEUS" - Sabemos que Jesus ORAVA E GLORIFICAVA o DEUS maior que ele e melhor que ele.
    Até mesmo na crus JESUS não se esqueceu desse Deus ("MAIOR QUE EU" ) quando disse:
    Ó (BOM) DEUS (ÚNICO), POR QUE ME DESAMPARASTE?
    Se Jesus é deus, não havia porque Jesus dizer que deus era outra pessoa (maior ou melhor que ele).
    Ou deus se fantasiou de Jesus?
    Se deus é onipresente, ele não precisava "vir ao mundo", pois já estaria em todo lugar.
    Repare que no velho testamento deus falava diretamente com as pessoas.

    Portanto, não precisaria de se travestir de outrem para isso.

    Além do mais, se Jesus veio ao mundo para nos ensinar a ser um filho obediente, como poderia ele dar um conselho desses?

    "Jesus disse: eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe e a nora contra sua sogra"
    (Mateus 10:35)
    E o que me diz de Lucas 14:26? Um belo "conselho" para ser um filho obediente, não?
    "Não há quem seja bom, exceto Deus"
    ou seja
    ESSE ELOGIO, VOCÊ SÓ DEVE DIRIGIR AO PAI (ÚNICO DEUS) QUE "É MAIOR QUE EU (Jesus) "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://olharunificado.blogspot.com.br/2016/12/respondendo-comentarios-8-jesus-nao-e.html

      Excluir