quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Criacionismo Progressivo #19 - Quando o sol, a lua e as estrelas foram feitos?


Quando o sol, a lua e as estrelas foram criados? De acordo com a visão de Terra Jovem, apenas no quarto dia, enquanto Teístas Evolucionistas vão dizer que esse é um sinal de que o texto não pode ser literal, e alguns Criacionistas de Terra Antiga dirão que isso é evidencia de que os dias não são períodos de 24h, já que não haveria sol e lua nos três primeiros dias. Eu creio que todas as visões estão erradas, e explicarei o porquê.

Quando o sol, a lua e as estrelas foram feitos?


A incoerência da visão de Terra Jovem


Se o sol, a lua e as estrelas foram feitos apenas no quarto dia, então os três primeiros dias não podem ter 24h. Agora, eles dirão que deveria haver “outra luz” nesses três dias. Não apenas essa interpretação é completamente ad hoc, como o texto não fala nada disso. Alem disso, o que seria essa outra luz? Deus? Então Ele mandou a si mesmo que acendesse (“Haja luz”)? Outra coisa? Então pra que criar o sol?
Tirando os problemas bíblicos, a criação de Deus nos indica que o sol foi feito antes da terra, logo, essa interpretação é absurda.

O texto em hebraico


E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos.
E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi.
E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas.
Gênesis 1:14-16

Hebraico (da direita pra esquerda):

לְמֶמְשֶׁ֣לֶת
הַגָּדֹל֙
הַמָּא֤וֹר
אֶת־
הַגְּדֹלִ֑ים
הַמְּאֹרֹ֖ת
שְׁנֵ֥י
אֶת־
אֱלֹהִ֔ים
וַיַּ֣עַשׂ
Para governar
maior
O luminar
-
grandes
luminares
dois
-
Deus
E fez

הַכּוֹכָבִֽים׃
וְאֵ֖ת
הַלַּ֔יְלָה
לְמֶמְשֶׁ֣לֶת
הַקָּטֹן֙
הַמָּא֤וֹר
וְאֶת־
הַיּ֔וֹם
[e fez] as estrelas
e
A noite
Para governar
menor
O luminar
e
O dia


“Bara” (criar) e “asah” (fazer) não são a mesma coisa


Vimos em outro texto que asah (fazer) e bara (criar) não podem ser usados do mesmo modo. Um não é sinônimo do outro. A criação do sol, lua e estrelas ocorreu em Gênesis 1:1, entre os “céus” e a “terra”. De fato, lemos em Gênesis 2 que Deus criou as coisas para fazer:

E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. - Gênesis 2:3

No hebraico original, esta escrito “criou para fazer” no fim da frase. Mas de qualquer forma, vemos aqui que bara (criar) e asah (fazer) são tratados como palavras distintas pelo autor.
A palavra “asah” em Gênesis 1:16 seria melhor traduzida como “preparar”, já que Deus não as criou (bara) nesse verso. A palavra “bara” é que indica a criação de algo novo.  Uma outra tradução mais correta seria “havia feito”, que indicaria que o verso 16 não fala da criação do sol, da lua e estrelas.

Quando o sol, a lua e as estrelas foram feitos?


Agora, podemos nos perguntar, “então, quando eles foram feitos?” Para isso, vamos dar uma olhadinha o texto original e dar uma comentada.
Cada um dos versos de 14 a 18 começam com a letra ו “waw”, que significa “e”. Essa palavra normalmente é usado pra nos dizer uma ação que vem na sequencia. Porem, isso não é valido para Gênesis 1:16-18. S. R. Driver explicou o motivo em 1874, explicando que o padrão hebraico de um escritor descrevendo primeiro todo o evento e depois “como se estivesse se esquecendo que ele já havia antecipado, procedendo para anexar as informações da mesma forma”. Aqui ele esta se referindo a continuidade da história com outra sentença começando com o verbo prefixado com ו. Driver ainda explica que quando o escritor repete o que ele já havia escrito, “em nenhum desses casos é implicado que o evento introduzido pelo ו [waw] é subsequente àquele denotado pelo verbo anterior.”
De Gênesis 1 verso 14 a verso 15, vemos os comandos e a conclusão com “e assim foi”, que mostra que os comandos foram concluídos. Agora veja os versos:

E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. - Gênesis 1:14

E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. - Gênesis 1:15

Os versos seguintes repetem os mesmos comandos:

E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. - Gênesis 1:16

E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra. - Gênesis 1:17

E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom. - Gênesis 1:18

Rodney Whitefield diz:

“O escritor não se esqueceu. O proposito é o de adicionar informação de retrospectiva sobre a preparação das ‘suas grandes luzes’ e adicionar a função adicional de governar.” ´[Rodney Whitefield, “THE FOURTH CREATIVE “DAY” of GENESIS - Answers to questions about the Sun, Moon, and Stars”, p. 2]

Estudiosos de hebraico modernos concordam que  a adição de detalhes com repetição demonstram uma mudança temporal.  Como Randall Buth, outro estudioso de hebraico bíblico nos diz:

“Quando olhamos para exemplos desse fenômeno, nós notamos duas formas diferentes em que uma mudança temporal pode ser assinalada de fora da gramatica. Um método é através da referencia léxica e ou repetição; o outro método é baseado na relação semântica culturalmente natural da sentença anterior [...] Nem toda palavra precisa ser repetida para dar um sinal léxico para uma passagem temporal gramatica não marcada” [Randall Buth, “Methodological Collision Between Source Criticism and Discourse Analysis: The Problem of the ‘Unmarked Temporal Overlay’ and the Pluperfect wayyiqtol” em “Biblical Hebrew and Ciscourse Linguistics in Summer Institute of Linguistics”, p. 138]

Note também que os versos 14-18 estão em uma forma poética hebraica chamada quiasma. Isso indica que esses versos foram escritos como uma unidade. Whitefield prossegue dizendo:

“Esse tipo de padrão de quiasma é comum na Biblia e revela que Gênesis 1:14-18 foi construído como uma unidade. Em Gênesis 1:1-31 existem quatro exemplos de seções de versos que seguem um ‘e assim foi’ e conclui com ‘e Deus viu que era bom’. Todos os quatro exemplos cumprem o critério de mudança temporal, e como um grupo, esses exemplos verificam que Gênesis 1:16-18 é uma mudança de tempo.” [Idem]

Todos os critérios são cumpridos aqui: Gênesis 1:14-15 nos conta todo o evento, o comando e sua realização; “e assim foi” mostra uma ação completa; Gênesis 1:16-18 repete as frases de Gênesis 1:14-15 e adiciona mais informações. Com isso em mente, a melhor tradução para o verso 16 seria:

E Deus havia feito os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. - Gênesis 1:16

Quando Ele os fez? Jó nos da a resposta:

Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam? - Jó 38:7 (ARC)

Enquanto as estrelas matutinas juntas cantavam e todos os anjos se regozijavam? - Jó 38:7 (NVI)


Isso indica que as “estrelas matutinas” foram criadas antes de Gênesis 1:2, com “os céus”, em um longo período de tempo, de Gênesis 1:1.

6 comentários:

  1. Gostei deste post! Tenho um amigo que parece ter um enorme desprezo por Gênesis que lançou esse argumento "quando o sol e a lua foram criados?". O cara se diz cristão, mas parece um típico liberal. Ele defende que Gênesis é apenas alegórico, mas se o significado de um capítulo inteiro é que Deus é o Criador, foi um tremendo desperdício, porque só o versículo 1 já diria tudo de uma vez.

    ResponderExcluir
  2. Vish, me veio uma questão agora: "estrelas da alva" não seriam anjos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que puis duas traduções. Mesmo em linguagem poética, a Bíblia usa anjos para anjos mesmo.

      Excluir
    2. Anjos ou filhos de Deus. Mas de qualquer forma, o contexto de Jó 38 é sobre a criação do universo.

      Excluir
    3. Já vi algumas pessoas dizerem que esse versículo fala de alienígenas (o que é tolice pura), ao dizerem que "se as estrelas da alva são anjos, os filhos de Deus são o quê?"É pura idiotice, mas fazer o que temos o livre-arbítrio o podemos acreditar no que quisermos. Pessoalmente acho que se existem ETs, eles são relativamente poucos.

      Excluir
  3. Gostei Bastante.. Bem Interessante.. Sou Adventista.. se eu mostrasse um Texto desses pra os conservadores mim Chamariam de Herege kkkkkk ...

    ResponderExcluir