quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Criacionismo Progressivo #18 - Mais evidencias de "dias" longos.


Existe mais informação relevante em Gênesis que nos indica um período longo de criação. Surpreendentemente, essas evidencias se encontram na parte “e houve a tarde e houve a manhã”.

Mais evidencias de “dias” longos


O hebraico


Vejamos a frase em seu hebraico original (da direita pra esquerda):

׃אֶחָֽד
םי֥וֹ
רבֹ֖קֶ
־וַֽיְהִי
בעֶ֥רֶ
־וַֽיְהִי
Echad
Yom
boqer
Vayhiy
Ereb
Vayhiy
Primeiro
Dia
Manhã
E Houve
Tarde
E Houve

O importante aqui é a palavra hebraica “Vayhiy”. Essa palavra é um verbo wayyiqtol, um verbo hebraico prefixado que indica uma continuidade de narrativa na história. Como o primeiro verbo em uma sentença, essa palavra indica uma mudança temporal na história. Como estudioso de hebraico Rodney Whitefield colocou:

“Como o primeiro verbo em uma sequencia em uma história continua (narrativa), ־וַֽיְהִי tem uma função temporal; ela move a história para frente no tempo e introduz uma nova referencia de tempo para os eventos descritos posteriormente.” [Rodney Whitefield, “The word ‘vayhiy’ in Genesis Chapter One – Support for na Old Earth”, p.2]

As palavras que seguem vayhiy normalmente descrevem os eventos que acontecem depois. Essas palavras nos dão informações sobre o que se passa em uma nova referencia de tempo. A versão King James normalmente traduz vayhiy como “e veio a se passar”, o que mostra essa função de mudança de tempo.
Em Gênesis um, a palavra vayhiy é seguida de “tarde”, que é seguido imediatamente de outro vayhiy e depois por “manhã”. Ambos vayhiy indicam uma troca de tempo. Mas, antes de tirar conclusões, vamos ver como essa palavra é usada em outras partes da Bíblia e como deve ser aplicada a Gênesis, já que essa é a única vez em que ela é usada em uma frase dessa forma.

Exemplos


Vejamos Jó 2:1, que acontece logo depois de Jó 1:21-22:

E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor. Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma. - Jó 1:21, 22

E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR. - Jó 2:1

Onde esta sublinhado, as palavras em hebraico são:

םהַיּ֔וֹ
וַֽיְהִי
Há’yom
Vayhiy
O dia
E houve

Agora, aqui, a palavra “yom” esta com “háה que mostra que é um dia especifico. Onde esta escrito “e, vindo”, no original é o mesmo vayhiy de Gênesis um, o que esta indicando uma mudança temporal. Porem, entre os eventos de Jó 1:21-22 e os de Jó 2:1 não há referencia de quanto tempo se passou. Apenas nos diz que houve uma mudança de tempo. O mesmo ocorre em:

E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. - Jó 1:6

E sucedeu um dia, em que seus filhos e suas filhas comiam, e bebiam vinho, na casa de seu irmão primogênito - Jó 1:13

Sucedeu, pois, que um dia disse Jônatas, filho de Saul, ao moço que lhe levava as armas: Vem, passemos à guarnição dos filisteus, que está lá daquele lado. Porém não o fez saber a seu pai. - 1 Samuel 14:1

Em todos esses versos encontramos há’yom vayhiy, indicando um passar de tempo indefinido até um dia definido.
Em Gênesis, nós vemos o seguinte:

E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro. - Gênesis 1:5 (ACF)

Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o primeiro dia. - Gênesis 1:5 (NVI)

No original, nem “tarde”, nem “manhã” e nem “primeiro dia” possuem "o/a" (“ha”) antes. Isso torna eles indefinidos. Uma tradução correta seria:

“E passou-se uma tarde e passou-se uma manhã, um primeiro dia/tempo/era.

Para ver como dois “vayhiy” seguidos devem agir, vamos ver Rute 1:1:

E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois filhos - Rute 1:1

Em hebraico (da direita pra esquerda):

וַיֵּ֨לֶךְ
ץבָּאָ֑רֶ
ברָעָ֖
יוַיְהִ֥
םהַשֹּׁפְטִ֔י
טשְׁפֹ֣
בִּימֵי֙
יוַיְהִ֗
vayelek
Ba’arets
Ra’ab
vayhiy
hasophetim
shaphat
Há’yamim
Vayhiy
Por isso
Na terra
Uma fome
houve
julgavam
Em que os juizes
Nos dias
E sucedeu que

O primeiro “vayhiy” indica que a próxima fase temporal define o tempo de inicio da história. O segundo “vayhiy”, seguido de “uma fome na terra” muda a referencia do tempo para a parte especifica onde “os juízes julgavam”. Isso significa que tanto o primeiro quanto o segundo “vayhiy” indicam uma mudança na referencia do tempo. Aplicando a Gênesis, vemos que o texto, “E houve uma tarde e houve uma manhã”, indicam a passagem de um tempo indefinido entre uma tarde e uma manhã.

“E assim foi...”


O uso de “E assim foi” também indica uma passagem de tempo indefinida entre o comando e a ação completa do comando. Veja Gênesis 1:11:

E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi. - Gênesis 1:11

׃כֵֽן
־וַֽיְהִי
ken
vayhiy
Foi
E assim

Rodney Whitefield diz:

“A frase ‘e assim foi’ em Gênesis 1:11 também introduz uma quantidade de tempo desconhecida entre o tempo do comando e o tempo da ação completa do comando. Os eventos em Gênesis 1:12 ocorrem antes do tempo do ‘e assim foi’, mesmo que Gênesis 1:12 esteja escrito depois do ‘e assim foi’ de Gênesis 1:11.” [Whitefield, idem, p. 5]

Esse tipo de identificação da escrita hebraica não é algo novo. Em 1874, S. R. Driver já havia apontado esse tipo de escrita no texto original. A Septuaginta de 250 a.C. traduziu o “e houve tarde e houve manhã” como “e se tornou tarde e se tornou manhã, tempo diário X”. A palavra Grega aqui usada para “se tornou” é “eyveto”, que significa “tornar, ser; acontecer, vir, vir a existir, vir a ser”. Isso nos diz que os tradutores Gregos já reconheciam um intervalo na narrativa.
Agora, o que isso significa? O seguinte:

E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra;
Intervalo 1
E assim foi
Intervalo 2 - E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.
E houve uma tarde
Intervalo 3
E houve uma manhã

Gênesis 1:11-12 consistem em “duas partes próximas conectadas”, o comando em Gênesis 1:11 e a afirmação da ação completa em Gênesis 1:12 [S. R. Driver, “A Treatise on the Use of the Tenses in Hebrew and Some Other Syntactical Questions”, Sessão 75, p. 81]
Randall Buth, outro estudioso de hebraico bíblico também nos diz:

“Quando olhamos para exemplos desse fenômeno, nós notamos duas formas diferentes em que uma mudança temporal pode ser assinalada de fora da gramatica. Um método é através da referencia léxica e ou repetição; o outro método é baseado na relação semântica culturalmente natural da sentença anterior [...] Nem toda palavra precisa ser repetida para dar um sinal léxico para uma passagem temporal gramatica não marcada” [Randall Buth, “Methodological Collision Between Source Criticism and Discourse Analysis: The Problem of the ‘Unmarked Temporal Overlay’ and the Pluperfect wayyiqtol” em “Biblical Hebrew and Ciscourse Linguistics in Summer Institute of Linguistics”, p. 138]

Rodney Whitefield segue essa citação dizendo

“Gênesis 1:11-12 é um exemplo dessa ‘mudança temporal’. Gênesis 1:12 repete muito de Gênesis 1:11 usando as mesmas palavras, na mesma ordem, e então trocando as duas ultimas palavras [...] por uma frase diferente [...] ‘e Deus viu que era bom’. ‘E Deus viu que era bom’ é uma informação nova e termina a troca do tempo anterior na narrativa. O progresso posterior da narrativa resume-se com o ‘ e houve uma tarde’ de Gênesis 1:13, o que indica uma troca de tempo para ‘uma manhã’ não especificada e indeterminada – uma de varias” [Whitefield, idem, p. 6]

Quanto ao “e assim foi”, veja esse exemplo:

Esta foi a palavra do Senhor, que falou a Jeú: Teus filhos, até à quarta geração, se assentarão sobre o trono de Israel. E assim foi. - 2 Reis 15:12

Os eventos descritos antes do “E assim foi” não aconteceram imediatamente. Eles levaram cerca de quatro gerações para ocorrerem. Outros exemplos seriam Amós 5:14, onde é algo que ocorrerá no futuro, e Juízes 6:37-38, onde a ação completa aconteceu no dia seguinte ao pedido. Nunca é algo completado imediatamente. As únicas outras vezes em que essas palavras aparecem são em Gênesis um.
Isso tudo confirma que houveram intervalos longos de tempo em cada “e houve” de Gênesis um, e que o “e assim foi” indica uma ação que levou longos períodos de tempo para ser completada, mas não foi algo imediato. E isso nos da evidencia de que a tradução correta de “yom” é a de um “longo período de tempo”, um dos sentidos literais da palavra.

Conclusão


A melhor interpretação de cada “yom” de Gênesis um é a seguinte:

E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra;

Intervalo 1

E assim foi

Intervalo 2 (E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.)

E houve uma tarde

Intervalo 3

E houve uma manhã – Terceiro tempo



O próximo texto da serie falará sobre quando o Sol, a Lua e as Estrelas foram criados e porque foi antes dos seis dias de criação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário