segunda-feira, 29 de junho de 2015

“Cristãos são maus, portanto o Cristianismo é falso” – Uma Resposta


Nos dias de hoje, é comum ver pessoas dizendo coisas como “esses evangélicos intolerantes malditos contra a liberdade” ou “pastor ladrão, roubando o dizimo dos outros pra comprar carro”. Mas, será que os abusos de pessoas religiosas torna a religião delas falsa?
Textos que podem ser uteis (leia antes ou depois de ler esse, se quiser):

 “Cristãos são maus, portanto o Cristianismo é falso” – Uma Resposta


Todo Cristão é mal?


Cristãos não são maus. Todo mundo é mau. Agora, existem os "piores", não? Porem, como Kenneth Scott Latourette, historiador da Universidade Yale, disse:

"Nós temos muito a dizer a respeito dos efeitos do Cristianismo sobre a humanidade como um todo. Aqui esta a força mais potente que a humanidade conheceu para a dissipação do analfabetismo, para a criação de escolas, para o emergir de novos tipos de educação. Do Cristianismo emitiram impulsos a aventuras intelectuais e geográficas. As universidades foram na maioria criações cristãs. Musica, arquitetura, pintura, poesia e filosofia, devem suas maiores conquistas ao Cristianismo. Democracia como era conhecida no seculo 19 e 20 foi em grande parte consciência de ensinamentos Cristãos. A abolição da escravidão foi chefiada pelo Cristianismo, assim como as medidas para proteger os Índios contra a exploração dos brancos. Os movimentos que mais ajudaram para a regulação da guerra, para a mitigação do sofrimento acarretado pela guerra, para a abolição eventual da guerra devem sua origem a fé cristã. A profissão de enfermeira tem as mesmas origens. A ampliação dos métodos de cirurgia do ocidente foram chefiadas pelo empreendimento missionário Cristão, e a elevação da posição da mulher como um todo. Nenhum outro movimento na história trouxe tantos bens a humanidade."

Cristo, não cristãos


O que deveria ser obvio, mas parece que difícil de entender, é que o Cristianismo veio de Cristo. Historiadores sabem com certeza que Jesus existiu e que fez afirmações grandiosas sobre Sua natureza. (Seria meio que hipocrisia você dizer que quando Jesus disse ser Deus era foi algo manipulado ou opinião mas dizer que o resto “ta beleza” porque isso lhe conforta.)
Temos uma reconstrução de 99,5% do Novo Testamento original e temos a imagem do Jesus histórico e do que Ele disse e fez. Porque isso é importante? Bom, se sabemos o que Ele disse e fez, e Ele é Aquele que os Cristãos devem seguir, então podemos ver onde cristãos erram e porque eles não devem ser modelo para julgar se o Cristianismo é verdadeiro ou falso.
Jesus disse:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. - João 3:16

"Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não matarás’, e ‘quem matar estará sujeito a julgamento’. Mas eu lhes digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. - Mateus 5:21,22

"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Não adulterarás’. Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. - Mateus 5:27,28

"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem - Mateus 5:43,44

Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. - Mateus 6:14

"Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração. - Mateus 6:19-21

"Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro" - Mateus 6:24

O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos. - João 15:12,13

Cristianismo diz que haveria hipócritas


O Cristianismo já diz que ao longo da história haveriam pessoas dizendo serem seguidoras de Cristo, mas em Seu coração não o conhecem de verdade.

"Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’ Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!’" - Mateus 7:21-23

Mas, também houveram pessoas boas que eram cristãs e seguiam os princípios cristãos. Como Dr. Os Guiness diz:

"Se Jesus nunca tivesse nascido nós não teriamos Francis de Assisi, nem William Wilberforce nem Madre Teresa. O mundo seria um lugar muito cruel." [What if Jesus Had Never Been Born? – (38:46)]

O que dizer de um cristão que se acha superior só por ser cristão?


Bom, Cristo nos ensinou que ninguém é bom, apenas Deus (e não, essa passagem não serve de exemplo pra dizer que Jesus não é Deus):

Certo homem importante lhe perguntou: "Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?"
"Por que você me chama bom?", respondeu Jesus. "Não há ninguém que seja bom, a não ser somente Deus. - Lucas 18:18,19

Quando a mulher adultera apareceu com muitos a perseguindo, Jesus disse que todos eram pecadores:

Os mestres da lei e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher surpreendida em adultério. Fizeram-na ficar em pé diante de todos e disseram a Jesus: "Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério. Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. E o senhor, que diz?"
Eles estavam usando essa pergunta como armadilha, a fim de terem uma base para acusá-lo. Mas Jesus inclinou-se e começou a escrever no chão com o dedo.
Visto que continuavam a interrogá-lo, ele se levantou e lhes disse: "Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela".
Inclinou-se novamente e continuou escrevendo no chão.
Os que o ouviram foram saindo, um de cada vez, começando com os mais velhos. Jesus ficou só, com a mulher em pé diante dele.
Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: "Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?"
"Ninguém, Senhor", disse ela. Declarou Jesus: "Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado". - João 8:3-11

Jesus nunca partiu pra agressão, mas ensinou a apontar os pecados de forma amorosa e pedir para as pessoas os abandonarem. Claro, é impossível um humano não pecar. Mas Jesus estava dizendo que ela seria perdoada se abandonasse os pecados conhecidos e que ela seria perdoada. Se ela não fizesse isso, então isso é consequência de mal uso do Livre Arbítrio.  (Na verdade, essa é uma visão bem simplificada do que quer dizer realmente. Isso exige maior exploração)

Não podemos julgar uma religião por seus abusos


Isso é um pouco obvio. Apesar de eu não gostar de como as pessoas tratam a religião como times de futebol, essa comparação pode funcionar: Só por que existem torcedores do Corinthians que são imbecis (aqueles que arrumam briga até na internet por que papai e mamãe deixam), isso significa que o Corinthians seja um time ruim? Ou o ateísmo é falso porque existiram pessoas como Stalin e Mao? 

“Mas Jesus disse que ele era o único caminho!”


E dai? E se for? No final, obviamente só pode existir um caminho. Afinal, um suposto caminho contradiz o outro. Mas essa é uma questão que merece muito mais exploração do que algumas linhas. O que eu posso dizer agora é que, enquanto todas as outras religiões dizem que para ser salvo você precisa “fazer, fazer e fazer”, Cristo nos diz “feito, feito e feito”.
No final, essa não é uma questão racional, mas sim emocional. A pergunta que deve ser respondida é:


Se o Cristianismo fosse verdade, você se tornaria Cristão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário