terça-feira, 5 de maio de 2015

Sobre moralidade #8 - Nossa moral muda com o tempo?


Uma objeção comum contra o Argumento Moral, é a de que “no passado nossa moral era diferente”. Ora, no passado, se alguém roubava um pão, ele era morto. Pessoas consideradas como bruxas eram queimadas. Antigamente a escravidão estava "Ok", agora não. Mas, será que essa objeção consegue mesmo mostrar que não há uma moral objetiva?

Nossa moral muda com o tempo?


Avaliando as conseqüências

Primeiro, vejamos as conseqüências dessa idéia. Se a moralidade é subjetiva e muda de época em época, então não é moralmente errado estuprar crianças. Essa é apenas uma regra atual que pode mudar no futuro e foi diferente no passado. Mas não é objetivamente errado.

Não prova o relativismo

Segunda, na verdade, esse argumento nos mostra a objetividade da moralidade. Afinal, se é possível a sociedade melhorar as regras, então ela avança de acordo com um padrão. Mas, se esse padrão moral fora da humanidade não existir, então a sociedade não melhora, ela apenas muda de regras.

Epistemologia e Ontologia

Como nós descobrimos valores morais tem a ver com epistemologia, mas não com ontologia. Ontologia tem a ver com o por que algo é certo ou errado, não como nós os descobrimos. Se dissermos “descobrimos que matar é errado porque faz mal pro outro”, a pergunta que resta é “por que matar o outro é errado?”. E a resposta que eu ouvi é que “não devemos fazer para os outros o que não queremos que façam conosco”. Porem, se eu for um grande ditador que não sofrerá nenhuma conseqüência ao matar milhões, então esta justificado meu ato? E alem disso, se essa é uma regra moral, ela é objetiva ou subjetiva? Uma pessoa pode muito bem detestar a própria vida e ligar o f****-se.

Conclusão

O argumento de que nós mudamos a moralidade com o tempo nos leva a concluir que a sociedade nunca melhora, apenas muda de regras. Então, seguindo essa lógica, nossa moral tem o mesmo valor de pessoas da antiguidade que matavam para conseguir o que queriam (ou pessoas atuais que matam).
Mas, se nossa sociedade melhora, então deve haver um padrão, uma Lei. Se essa Lei Moral existe, então logicamente existe um Legislador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário