domingo, 24 de maio de 2015

Minha opinião sobre Criação e Evolução


Um pensamento comum no meio Cristão (e, consequentemente, no meio ateísta) é o de que a evolução darwinista, de certa forma, é contra o Deus Cristão. Porem, eu creio que isso seja por causa de opinião popular, a idéia de que evolução e Deus são completamente opostos. Aqui, vou expor minha opinião sobre o assunto. (Você não precisa concordar, dã.)

Minha opinião sobre Criação e Evolução


Minha posição de Criação

Sou um Criacionista Progressivo. Quer dizer, eu creio em um Gênesis de criação em seis dias literais. Porem, esses dias são “dias de Deus”, não dias humanos. Se você notar, o contexto de Gênesis 1 nos mostra que apenas Deus estava na criação. Sendo assim, podemos concluir que esses dias não são humanos.
Essa é uma visão inteiramente compatível com Gênesis. A palavra hebraica Yom não se limita a um período de 24 horas (mesmo com um ordinal ou cardial antes). Já que, para um judeu antigo “tarde e manhã” eram inicio e fim de um período de trabalho, é bem possível que Moises tenha usado essas palavras metaforicamente para contrastar o inicio e o fim período de trabalho de Deus com o humano. Alem disso, Êxodo 20:11 pode simplesmente estar dizendo que Deus trabalhou seis de Seus dias, e nós trabalhamos seis de nossos dias. Então, nenhum desses argumentos de interpretação de 24 horas me parece convincente.
Mas e que tal o fato de terem mortes antes do pecado de Adão e Eva? Bom, não existe nenhum versículo na Bíblia que diga que não haviam mortes antes do pecado. De fato, todos os versículos usados falam de morte humana e espiritual. Alem disso, Deus seria injusto por punir os animais por um erro humano. A única resposta que eu vi desse argumento é que seria muito mais injusto Deus criar todos os animais já “na matança”. Porem, se Ele fez os animais carnívoros antes ou depois, Ele ainda assim fez os animais carnívoros. De qualquer forma, Ele é o responsável. A diferença, é que em uma hipótese Ele já faz assim com um propósito, e na outra Ele põe a culpa nos inocente.

O erro dos Teistas Evolucionistas

O erro principal dos Teistas Evolucionistas é dizer que Gênesis 1-3 são poesias ou metáforas. Apesar de eu concordar que esses capítulos de Gênesis tenham um significado muito maior do que “ser simples historinha de criação”, eu creio que foi um evento histórico, com um grande significado.

Então, como reconciliar a Evolução com Gênesis?

Note que, em tudo o que Deus faz nos seis dias, Ele usa a natureza. O primeiro dia começa em Gênesis 1-3. Nesse dia, Deus não faz nem cria nada. Nenhuma das palavras asah (fazer) ou bara (criar) é usada. Tudo o que aparece no texto é “haja”. Ou seja, a luz simplesmente apareceu, e o sol foi feito antes dos seis dias.
No segundo dia, Ele separa as águas. No terceiro dia, Ele fez a terra firme aparecer, e disse pra terra fazer a vegetação crescer (e, encaremos os fatos, nada no texto diz que Deus acelerou o processo, então não pode ter sido um dia de 24 horas.). No quarto dia, o sol e a lua aparecem mais. Deus também da funções ao sol e a lua. Porem isso deve ter sido apenas um “relembrar”, já que até mesmo dias de 24 horas precisam de um sol com função.
No quinto dia, a Bíblia diz:

Disse também Deus: "Encham-se as águas de seres vivos, e sobre a terra voem aves sob o firmamento do céu".
Assim Deus criou os grandes animais aquáticos e os demais seres vivos que povoam as águas, de acordo com as suas espécies; e todas as aves, de acordo com as suas espécies. E Deus viu que ficou bom.
Então Deus os abençoou, dizendo: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham as águas dos mares! E multipliquem-se as aves na terra".
Gênesis 1:20-22

E no sexto dia:

E disse Deus: "Produza a terra seres vivos de acordo com as suas espécies: rebanhos domésticos, animais selvagens e os demais seres vivos da terra, cada um de acordo com a sua espécie". E assim foi.
Deus fez os animais selvagens de acordo com as suas espécies, os rebanhos domésticos de acordo com as suas espécies, e os demais seres vivos da terra de acordo com as suas espécies. E Deus viu que ficou bom.
Gênesis 1:24,25

Note que Deus manda as águas e a terra produzirem os animais. Não é uma criação direta ou ex-nihilo. Depois que Deus ordena que as águas produzam os animais marinhos, é dito que Deus criou (bara). E no sexto dia, depois da criação dos animais terrestres, a palavra é asah (fazer). Então, mesmo Deus usando a natureza, ainda é uma criação dEle.
Mas, e quanto ao ser humano? Aqui esta o que o texto diz:

Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.
Gênesis 2:7

Aqui diz que Deus formou o homem da Terra, mas não como formou o homem. Se os animais e o homem vieram da terra, então eles tiveram a mesma origem. (Note que eu não estou dizendo que o autor de Gênesis sabia sobre a evolução, mas sim que ele sabia que Deus havia usado a natureza para criar o ser humano.)

Mas Deus não criou os seres “de acordo com suas espécies”?

Vamos ver o que o texto realmente diz:

Assim Deus criou os grandes animais aquáticos e os demais seres vivos que povoam as águas, de acordo com as suas espécies; e todas as aves, de acordo com as suas espécies. E Deus viu que ficou bom.
Então Deus os abençoou, dizendo: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham as águas dos mares! E multipliquem-se as aves na terra".
Gênesis 1:21,22

Note que, Deus criou de acordo com as espécies, mas não ordenou que se multiplicassem de acordo com suas espécies.

Mas a evolução não diz que haviam vários humanos no começo?

Sim, porem, nada na Bibia diz que Adão e Eva foram os primeiros humanos. Tudo o que é dito é que Deus criou o homem e o colocou no jardim. Então, é inteiramente possível que Deus tenha criado o ser humano pelo processo evolutivo, e depois tenha colocado Adão no Jardim como representante do homem.
Mas e Eva? Bom, Eva pode ter sido uma criação a partir da costela de Adão e só. A palavra em hebraico usada quando Deus faz a mulher é Banah, que significa construir (Gênesis 2:22), mas não necessariamente algo novo.
Gênesis 1:27 nos diz que Deus criou (bara) homem e mulher. A palavra “bara” é usada quando Deus cria algo novo que nunca existiu antes. Porem, Gênesis 2 se passa inteiramente no Jardim do Éden. Então, é possível que Deus tenha criado homens e mulheres, levou Adão ao Jardim e la “construiu” Eva.
Se você for um dualista, também é possível crer que Adão e Eva foram os primeiros a possuir alma.
Mas por que Deus faria isso? Não era só levar uma das mulheres de la? Bom, uma possível interpretação é a de que Deus queria dizer mais com isso. Deus poderia estar dizendo que a mulher deve sempre estar do lado do homem e o homem sempre ao lado da mulher.

Haviam outros humanos?

Creio que a própria Bíblia pode nos dizer que haviam outros humanos com Adão e Eva. Afinal, de onde veio a mulher de Caim? Alguns podem responder “bom, era uma irmã dele”, porem, existem dois problemas com essa hipótese. Primeiro, Deus odeia incesto. E pode ser dito “mas não tinha outra possibilidade naquele tempo”, porem, isso é pressupor que não haviam outros humanos, e se Deus podia evitar isso, Ele o faria. Segundo, o verso 25 diz:

Novamente Adão teve relações com sua mulher, e ela deu à luz outro filho, a quem chamou Sete, dizendo: "Deus me concedeu um filho no lugar de Abel, visto que Caim o matou".
Gênesis 4:25

Se Adão e Eva tiveram trocentos filhos naquele período, então por que Eva estaria dizendo que Sete veio para substituir Abel? Outro já teria feito isso? Então, me parece que a própria Bíblia nos diz que haviam outros humanos no período Adâmico.

E a crença de Paulo?

Mas espere, e quanto ao que Apostolo Paulo disse? Bom, ele certamente acreditava que Adão foi uma pessoa histórica. Embora alguns tenham tentado dizer que Deus permitiu isso ser escrito, pois a mensagem de Adão é mais importante do que sua historicidade, eu creio que uma melhor explicação pode ser dada. Paulo diz:

Assim está escrito: "O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente"; o último Adão, espírito vivificante.
Não foi o espiritual que veio antes, mas o natural; depois dele, o espiritual.
O primeiro homem era do pó da terra; o segundo homem, do céu.
1 Coríntios 15:45-47

O “segundo homem” é Cristo. Porem, dificilmente podemos dizer que o segundo homem literalmente foi Cristo. Então, o que impediria a interpretação de que “o primeiro homem” foi simplesmente o escolhido para representar a humanidade seguindo o caminho da carne? Similarmente, Cristo é o Deus encarnado, o “segundo homem”, que nos mostra o caminho do espírito.
De qualquer forma, podemos dizer sim que Paulo e outros autores bíblicos disseram coisas que eles achavam ser verdade, mas simplesmente por causa da mensagem dessa verdade. Por exemplo, Josué diz que o “sol parou” por um dia. Porem, sabemos hoje que é a Terra que gira em torno do sol, então seria a Terra que deveria ter parado.

Humanos e animais

Gênesis diz que o ser humano é uma criação (bara) nova. Isso porque temos a imagem e a semelhança de Deus. Mas fisicamente, somos iguais aos animais. Como é dito em Eclesiastes:

Também pensei: Deus prova os homens para que vejam que são como os animais.
Eclesiastes 3:18

Então, é inteiramente possível que, depois do processo evolucionário, Deus separou os seres humanos dos animais, para serem agentes morais feitos a imagem e a semelhança de Deus.

Conclusão


Eu tentei colocar aqui minha perspectiva de criação e tentar uma aproximação entre Gênesis e a Evolução biológica. De qualquer forma, que fique claro que essa é a minha opinião atual, e que pretendo estudar mais sobre essa possibilidade. Mas, por hora, não vejo motivos para lutar contra a evolução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário