quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

“Coisas Cristãs” não obrigatórias que nunca acreditarei


Já que esse é meu blog pessoal e os leitores talvez queiram saber algo sobre o que acredito, então vou colocar uma lista de “coisas cristãs” não obrigatórias que eu nunca-jamais-never-jamas-NotInaAMillionYears vou acreditar. Aqui vai:

“Coisas Cristãs” não obrigatórias que nunca acreditarei


Nunca acreditarei

Reencarnação

Apesar dos Espíritas não acreditarem na Divindade de Cristo, eles se dizem Cristãos. Por isso vou falar da reencarnação.
Na verdade, a doutrina da reencarnação não é encontrada em nenhuma parte da Bíblia. A Bíblia diz claramente que tem um céu e uma morte (você pode encarar como Inferno ou aniquilação. Eu vou pra aniquilação)

Criacionismo de Terra Jovem

A Bíblia não diz em nenhum lugar a idade do Universo ou da Terra. Essa visão é extremamente não-cientifica. Se realmente tivesse uma evidencia convincente pra isso, alguém já teria ganhado o premio Nobel. Não há motivo nenhum para os cientistas mentirem a idade do Universo e/ou da Terra. Alguém pode responder, “AH, ELES MENTEM PORQUE ISSO LEVARIA A CONCLUSÕES RELIGIOSAS!”. Falso, ninguém seria desonesto a esse ponto. Esse basicamente foi o caso da descoberta do Big Bang. Ninguém gostava da idéia do universo tendo um começo absoluto, mas mesmo assim eles foram em frente e agora estão desesperados tentando criar um modelo de Universo eterno. (Alem disso, se existisse qualquer possibilidade da ciência demonstrar um Universo/Terra jovens, os geólogos, astrofísicos e físicos cristãos todos defenderiam essa ciência)
Alguém que descobrisse que a Terra tem 6.000 anos (Nada na Bíblia diz essa idade) iria ganhar o premio Nobel de tudo, porque alem de comprovar algo da “religião popular”, acabaria refutando a evolução biológica por causa do tempo.
"Ain, mas você adora mais a ciência do que a Bíblia" - não. A Biblia é completamente comparivel com minha visão. Eu vejo os dois livros de Deus em armonia (Biblia e Natureza).
Me lembrei de uma história que li de um geólogo Cristão que foi ao Museu da Criação do Ken Ham e começou a rir das coisas que via. (Sim, esse naipe.)
Eu também acho que se um ateu me perguntar “Tenho que crer em uma criação recente pra ser Cristão?”, isso só vai afastar ele de Cristo e vai fazer ele espalhar a palavra em forma de piada.
(Então, por favor, amigos da igreja, parem de tentar me convencer a ser um Criacionista de Terra Jovem. Eu respeito a Bíblia tanto quanto vocês. Sim, foi uma indireta pra quem ler e desculpe de pareceu ofensivo.)

Purgatório

De novo, nada na Bíblia indica um purgatório.

Pré-existencia eterna da alma antes da encarnação

Isso é parte da doutrina dos Mórmons. Pra mim, um regresso infinito de tempo é logicamente impossível. Apenas Deus era atemporal antes da Criação do tempo. Dizer que a “espírito” humana estava junto dEle em estado atemporal é como dizer que podemos transcender o tempo como Ele. O que eu consideraria blasfêmia.

Teologia da Prosperidade

Nunca vai entrar na minha cabeça algo que trata Deus como uma maquina de doces ou gênio da lâmpada.

Jesus apenas como homem perfeito e professor de moral

Jesus claramente disse dos evangelhos que Ele era Deus e confirmou isso ressuscitando dos mortos. É extremamente improvável que os discípulos tenham “entendido errado”, já que eram judeus extremamente monoteístas, e a idéia de uma Trindade nunca iria passar pela cabeça deles.

Politeísmo (sim, alguns cristãos crêem em mais deuses)

Dã.


Conclusão


Note que nenhuma dessas crenças é essencial para o cristianismo. Eu pensei em escrever esse texto quando pensava “Nunca vou crer em uma Terra Jovem” e então pensei “que mais eu nunca vou crer...?”. Um daqueles momentos de “brisa loca” que a gente fica pensando e olhando pro teto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário