domingo, 21 de setembro de 2014

Criação e Evolução #10 - Adão e Eva

Qual a perspectiva do Criacionista Evolucionario/Teista Evolucionista sobre Adão e Eva? De acordo com a evidencia cientifica, a humanidade teve origem em grupos de centenas de pessoas, não em apenas duas. Após todo o processo evolutivo, esses grupos de homo-sapiens apareceram. Isso invalida os relatos bíblicos de que Adão e Eva foram os primeiros humanos?

Adão e Eva

Gênesis claramente trata Adão e Eva como pessoas históricas. Eles estão ligados por genealogias a pessoas que tiveram papeis importantes na Bíblia, como Abraão. Mas, apesar disso, eles também tem um sentido simbólico para toda a raça humana.
Veja por exemplo os nomes. Adão significa “homem” e “Eva” significa “a mãe de todas as coisas vivas”. Seus papeis obviamente nos mostram a separação da raça humana de Deus. Quando Deus vai ao jardim, e não encontra Adão e Eva, Ele pergunta “onde estas?”. E quando os encontra, Adão acusa Eva que acusa a Cobra. Claramente nos mostrando como somos decaídos e buscamos desculpas para nossos pecados. William Lane Craig diz:

“Adão e Eva não foram apenas indivíduos históricos como Janice e Jim. Estes são o homem e a mãe de todos os seres humanos vivos. Eles representam a humanidade diante de Deus. Eles são simbólicos, eu acho, e metafóricos para a humanidade. Em Gênesis 2 nós temos descrições metafóricas de Deus. Deus é descrito em termos humanos. Por exemplo, Deus esta andando no jardim procurando Adão e Eva.” [1]

Diferentes Interpretações

Entre os Criacionistas Evolucionários, há diferentes interpretações de quem foram Adão e Eva. Vou colocar aqui as duas que eu acho mais plausíveis

Adão e Eva como os escolhidos

De acordo com essa interpretação, haviam centenas de humanos no inicio, e Deus escolheu estes dois para serem os representantes da humanidade e do pecado na história da criação. Essa visão é plausível e ajuda a entender como em Gênesis 4 haviam outros humanos no mundo. Cain foi a uma vila cheia de outras pessoas e la constituiu família. Alguns poderiam objetar dizendo que estes eram outros filhos de Adão e Eva, mas isso iria contra os ensinamentos de Deus de que incesto é errado. Como David Opderbeck observou:

“... a própria Bíblia parece não ter problema com essa possibilidade. A história do marco de Cain parece assumir que Adão e Eva não foram os únicos humanos vivos naquele tempo (Gênesis 4:15). Aparentemente, os descendentes de Cain se casaram com pessoas que Cain encontrou eventualmente. Os descendentes dos descendentes de Cain todos seriam descendentes de Adão, mas eles também teriam conseguido o material genérico de outras pessoas, assim como Tamar, Rahab, Ruth e outros materiais genéticos não-Abraamico infundidos na linha Abraamica.” [2]

Então, acho que essa visão pode ser plausível.

Adão e Eva como os primeiros a ter Alma

Essa é a visão atual da Igreja Católica. Apesar de eu discordar de diversas coisas do Catolicismo, eu acho que eles têm uma boa visão da Evolução com a Criação.
De acordo com essa visão, Deus guiou todo o processo evolutivo, até chegar ao estado de Homo Sapiens capaz de suportar uma alma. Então, Deus colocou almas em Adão e Eva, e assim eles se tornaram os dois primeiros humanos verdadeiros. Como o Papa Pio XII escreveu:

“... os Ensinamentos de Autoridade da Igreja não proíbem isso, em conformidade com o estado atual das ciências humanas e teologia sagrada, pesquisa e discussões [...] tem lugar com respeito a doutrina da evolução, enquanto ela diz respeito a origem do corpo humano vindo de matéria viva pré-existente – [mas] a fé Católica obriga-nos a manter que as almas são criadas imediatamente por Deus.” [3]

Essa é a visão que eu acho mais plausível. Ela esta de acordo com a Bíblia e com as evidencias cientificas.

Conclusão

Devo admitir que no inicio parecia haver uma incompatibilidade entre Adão e Eva como pessoas históricas e a teoria da evolução. Mas quando li as diferentes interpretações me senti mais “a vontade” com essa visão.

Fontes

[1] – Reasonable Faith Defenders Podcast: Creation and Evolution (Part 2), http://www.reasonablefaith.org/defenders-2-podcast/transcript/s9-02
[2] – The BioLogos Foundation, “A ‘Historical’ Adam?” http://biologos.org/blog/a-historical-adam

[3] – Papa Pio XII, “Encyclical Humani Generis”, #36, de Agosto de 1950, http://www.vatican.va/holy_father/pius_xii/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_12081950_humani-generis_en.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário